25 junho 2008

Operação grou

O que os ultraleves fazem no meio da passarada? São grous-americanos, a maior (em estatura) ave dos Estados Unidos. E mais ameaçada de extinção.

Vi ontem num
vídeo da National Geographic que achei sensacional ("Operation migration", de 19 de maio).

A turma da "
Operation migration" (de onde tirei a foto) se veste nuns sacões brancos para não deixar as aves muito à vontade entre humanos. Eles reproduzem os grous em cativeiro e treinam os bichos a seguir umas reproduções de cabeça de grou que levam como prolongamento do braço.

O problema aparece no inverno, porque os grous do projeto não sabem o caminho para a Flórida. A estranha figura branca disforme que sacode uma cabeça de grou entra então num ultraleve e levanta vôo. Os grous seguem. Depois de uns vôos de treino, rumam para a Flórida. No começo é uma turma desorganizada, mas aos poucos as aves aprendem a usar as correntes de ar quente e o vácuo deixado pelo companheiro motorizado e entram em formação - um V com o ultraleve no vértice.

Uma vez na Flórida sabem voltar para o Wisconsin no final do inverno - e no ano seguinte poderão ensinar o caminho à próxima geração. O projeto já estabeleceu uma população de 600 aves no Wisconsin, onde estavam extintas. A um custo de 100 mil dólares por ave, contando tempo, esforço e doações.

1 comentário:

Isis disse...

Que máximo! Que lindo!

Fiquei curiosa para ver o vídeo. Você vê, não é... Isso é tecnologia à favor da natureza.