22 outubro 2008

Sábado com Einstein, o político

Palestras da série Einstein no dia 25, às 15 h, aproximarão Relatividade, índios sul-americanos e direitos civis

"Pluralismo e relativismo nas sociedades humanas: o impacto das idéias de Einstein"
Mauro William Barbosa de Almeida, antropólogo e professor da Unicamp, mostrará como as idéias de Einstein tiveram um impacto profundo não só na Física e na Filosofia do século XX, mas também no modo de ver a diversidade social do mundo moderno. Segundo Almeida, a substituição de um espaço e de um tempo absoluto por uma pluralidade de espaços e de tempos relativos a distintos observadores serviu de inspiração para antropólogos que descreveram muitos modos de ver e viver o tempo e o espaço em sociedades não-ocidentais. O relativismo cultural de antropólogos, porém, como Almeida comentará em sua apresentação, costuma esquecer um aspecto essencial da relatividade em Einstein: o fato de que sob a diversidade de tempos e espaços de observadores distintos perpassa a unidade profunda das leis da natureza. Almeida apresentará essas idéias com exemplos como o perspectivismo dos índios sul-americanos, que relativizam a oposição entre seres humanos e animais selvagens.

"O dossiê Einstein no FBI: a documentação de sua luta pelos direitos civis"
Olival Freire, historiador da ciência e professor da UFBa que em 2005 escreveu que "a imagem pública de Einstein fica incompleta sem sua atividade política", falará do cientista que criou a Teoria da Relatividade, enviou uma carta em 1914 ao presidente Roosevelt defendendo a construção da bomba pelos Estados Unidos, manifestou-se contra a discriminação racial nos Estados Unidos e apoiou a luta pelos direitos civis nos Estados Unidos.

1 comentário:

Alcione Torres disse...

Olá! Tem um selo para você lá no Desafio.com! Espero que goste!
Abs.
http://sodesafio.blogspot.com/2008/10/prmio-dardos.html